“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


29 de jun de 2009

A Bela

Kate Jackson, Farrah Fawcett, Jaclyn Smith... "As Panteras"













A rigor, beleza é a parte estética e plástica que não tem a ver com virtude, mas a atriz Farrah tem sua vida calcada na beleza que a imortaliza como uma das mulheres mais lindas de todos os tempos.
Mas o que motiva esta homenagem é que ela foi um símbolo da minha juventude, um ícone de um seriado que eu não perdia. Claro que o roteiro era para entreter, e todas as cenas eram criadas para provocar finais perfeitos. Todos eram previsíveis, e a gente sentava pra assistir sabendo que o desfecho seria "foram felizes para sempre", mas sentava. E gostava. Torcia, a emoção tomava conta e muitas lágrimas e risos me permiti viver.

Não deixa saudade pelo seriado, já tivemos tempo para vincular outras atrações às horas suplérfluas do tempo que nos engole na correria do dia-a-dia. Deixa o lastro normal que ídolos deixam.

Permanecerá a lembrança viva de sua plástica perfeita, porém, as suas breves aparições em público mostraram o ser
humano Mary Ferrah Leni Fawcett, a mulher valente que lutou para viver. Visto do tempo de hoje, sua doença e a dificil luta que travou é o que mais marcou, para mim, sua passagem.
Essa é a que fica para mim como reverência. O símbolo da juventude se transformou em exemplo de coragem...

A foto é um tributo à imagem da Bela, para lhe fazer juz, e porque perpetua a sua trajetória.

Nenhum comentário: