“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


21 de dez de 2008

Insensatez...



Parece 'batida' a sentença de Madre Tereza de que "se você julga as pessoas, não tem tempo de amá-las", mas observe a verdade contida...
No viés de um olhar interno ou de ouvidos surdos, o julgamento percorre a distância que existe entre a veracidade e o teor da imponderação. E o rigor da sentença, a que executa, pode carregar a forma de Lei que pune...o amor.
Me pergunto: quem ganha, afinal??

♥ Denise

Nenhum comentário: