“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


4 de dez de 2008

Em dezembro...




O tempo percorreu a memória...faminto.

O amor quer se recolher...exausto.

A história quer encerrar o ciclo...extinto!


A porta quer bater...pra sempre.

O tempo quer correr...diferente.

O futuro quer chegar...ser presente!


A saudade quer se retirar...cansada.

A vida pede alegria pra existir...renovada.

A porta ainda aberta, permite...a entrada.


Denise


Nenhum comentário: