“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


3 de jan de 2008

Oração por mim mesma...


Olhos, me mantenham sempre alerta para que eu não deixe de ver o instante presente com limpidez ou o horizonte que se descortina à frente...
Boca, formule as palavras com clareza e suavidade para que jamais machuquem os sensíveis...prefira silenciar, neste caso.
Ouvidos, não transformem as mensagens naquilo que eu gostaria de ouvir, e sim me ofereçam a alternativa de discernir as intenções, para que eu não cometa enganos impossíveis de reparar...
Pés, me conduzam em segurança nos terrenos íngremes e permitam que eu acelere os passos nos momentos sem risco para cair ou desviar-me do rumo certo...
Mãos, acolham com amor tudo de bom que a mim chegar, e jamais se fechem para o amigo que precisa de vocês, ternas e gentis...
Cabeça, jamais tente subjugar minhas emoções mais puras e verdadeiras, tentando substituir o sentir pelo racionalizar...
Braços, não se neguem a estender e envolver no mais gostoso e quente abraço àqueles que meu coração deseja sentir bater no peito o outro coração...
Pernas, não se recusem a conduzir meu corpo cansado, pois preciso de vocês para chegar nos lugares em que o coração pediu porque o Universo indicou...
Peito, abrigue em ti toda a vida que já foi vivida, e não se recuse a abrir espaço para o novo, pois serão as novas histórias que te manterão aquecido, pleno e cheio de Luz!!
Coração, lampeje os sinais de teu sentir, sem reservas, para que eu perceba aquilo que o entendimento consciente não captar de pronto. Salve-se me permitindo amar com toda a verdade e intensidade, pois assim te mantenho irrigado, vivo e imortal...
Percepção, não me falhe nunca, principalmente nos momentos mais cruciais...
Emoções, fluam em cascatas para que me inundem de alegria e satisfação, proporcionando aos sentidos as vivências necessárias para que me componham numa mulher justa, amável, confiante, determinada, doce, equilibrada e feliz...
Confiança, jamais me abandone, pois sem ti posso sentir-me frágil, e isso pode gerar enganos de preços altos à pagar...
Sabedoria, me oriente nas decisões e me faça perceber os sinais que o Universo envia. Sem eles a
caminhada fica incerta e sem direção segura...
Ternura, não deixe de abraçar meus sentimentos mais puros, porque gosto mais de mim quando te sinto presente...
Ponderação, se instale no conforto de minha alma livre, porém, não me detenha os passos decisivos sob qualquer pretexto. Não seja excessiva a ponto de bloquear ou construir muralhas a minha volta. Se faça presente com suficiência...
Tolerância, me mantenha humanamente pautada na justiça que concede frutos preciosos, pois não detenho o saber e
nem a verdade sobre nada...
Bondade, me cerque de seus fluídos bons, derramando sobre mim o amor e as melhores atitudes que eu possa ter...
Sorriso, permaneça para sempre iluminando meu rosto, para que eu contagie àqueles que amo e contribua com os incrédulos de que a alegria transforma...
Ressentimento, te exorto de meu espírito iluminado. Gosto de manter-me livre de rancores e sentimentos nefastos a minha alma...
Maternidade, dádiva Divina que me foi concedida, mantenha o vínculo amoroso e essencial entre mim e meus maiores amores, pois só através dessa comunhão me tornei uma mulher completa!
Amor, permeie minha vida para que eu construa meus dias de forma a, no futuro, olhar para trás e sentir gratidão pela estória que escrevi...
Vida, não me apresente o medo, preciso ser livre dele para seguir confiante nas minhas escolhas...
DEUS, comungue em mim tua vontade e meus desejos, unificando vida e sentido.

Que assim seja.
AMÉM!

♥ Denise

Nenhum comentário: