“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


28 de ago de 2012

Quero o aprendizado!




Minha amiga Rê_gina disse:
-"Não quero só a dor, eu quero o aprendizado!"

Essa conversa longa e deliciosa continuou, mas fiz um recorte desta citação, que provocou a resumida reflexão...
A gente reclama porque dói, fica preso na dor e não olha em outra direção.
A solução, debaixo do nariz, aguarda ser encontrada. Os olhos internos carecem da luz que não vem, porque a gente fecha as portas e encosta as janelas - quando não debruça nelas as frustrantes insatisfações!
O aprendiz desatento pode ter que passar por novas situações, até aprender, para então pular para as próximas lições - porque, igual na matemática, precisamos saber os passos todos pra seguir adiante, até chegar no resultado final.
Evolução pura!
O aprendiz repetente não tem garantia de ser melhor que o calouro iniciante, e nenhum ensinamento é dado para aquele que não quer receber, ou não está pronto para aprender.
Pra se ter o aprendizado, é preciso coragem para acender a luz, transformar as sombras em legíveis imagens, silenciar e deixar amadurecer o fruto que a terra amparou enquanto sentados no chão da ignorância escolhida o tempo esgotava e adiantava a partida.
Eu quero que as inquietações tragam respostas, quero das lições, a melhor parte.


Que venham os aprendizados das dores sentidas, né minha querida? (que nem precisam doer tanto quando a gente vai aprendendo as lições primeiras...)

27 de ago de 2012

Dia do Psicólogo


Imagem do tampo de minha mesa de trabalho.


Neste dia em que os Psicólogos são lembrados, celebro a alegria de trabalhar com paixão, envolvimento com minha profissão e amor pelo que faço.

Tocar a alma de alguém é de uma responsabilidade infinita, sou imensamente grata àqueles que a confiam a mim, e à Deus, por iluminar-me nesse ofício de amor desde a escolha pela formação, pois assim posso desempenhar parte do que entendo como missão de vida.

Um grande e afetuoso abraço aos meus colegas que me honram com sua amizade e fazem crescer com seu exemplo!
Parabéns pelo nosso dia, em especial aos Mestres e amigos que tive o prazer de encontrar - e à Psicologia, que hoje comemora os 50 anos de reconhecimento como profissão!!

25 de ago de 2012

Ser feliz dá trabalho...



Li em algum lugar que ser feliz dá trabalho. Me causou desconforto essa afirmação, mas concluí que ser feliz realmente é trabalhoso, e por diversos pontos de vista - sem generalizar.
A gente tem a tendência à acomodação, à reclamação, à autocomiseração...e ação, que é o que provoca a mudança, exige sair da zona de conforto, pede determinação, disciplina, vontade!
Sem falar que muitas vezes a realidade gera confronto direto com o sonho e provoca uma espécie de preguiça que acomoda, de algum jeito, o querer da gente que fica adormecido - e as lamentações, silenciosas ou não, em nada mudam esse estado de letargia que transforma o presente em marasmo, e o futuro, em [lenta] agonia.
Dá trabalho ser feliz porque a gente tem sede de ser melhor, sonha realizar centenas de coisas que contribuam para a sensação de felicidade, entretanto, pouco empreende nessa direção.
Como conseguir êxito se a gente não se despe do medo e se deixa vencer pela preguiça?
Como ignorar a covardia que nos afasta de tudo que desejamos realizar?
Dá trabalho construir uma trajetória simples, tecemos muros altos de um emaranhado de dificuldades que nos prende nas sombrias noites de inverno da alma descrente.
É preciso desapegar-se das coisas pequenas disfarçadas de grandes justificativas, não basta desenhar no coração um rascunho, é preciso traçar cada linha com a suavidade da mão que afaga o sonho. Ser feliz dá trabalho porque não é qualquer coisa que serve pra preencher o lugar daquilo que importa - e nem vale o que tire o valor daquilo que parece tão pouco.
Para ser feliz é preciso, ainda, que se tenha atenção ao mais sutil sinal, e para tanto, precisamos despregar os olhos das ilusões.
E isso dá trabalho.
A cada amanhecer o sol está lá, ainda que não mostre sua luminosidade e o seu calor possa não ser sentido, talvez ocultos como nossos sentimentos, à sombra de nós mesmos, eclipsando a existência que fica morna, amorfa - carente de felicidade.
Ser feliz dá trabalho pela desconstrução de velhos conceitos, a alteração de comportamentos, pela inclusão de novas atitudes e pela determinação de ser feliz!

18 de ago de 2012

Parabéns pra você...




Agosto não podia se despedir sem fazer festa, então, antes que o dia comece, deixo aqui uma mensagem que homenageia minha amiga querida, Regina, a nossa Rê, leoa danada de guerreira, mulher sensível, pessoa única e adorável, um ser humano que vale a pena ter encontrado...

Pra você, Rê, esta oração, adaptada para te presentear - junto com meu afeto imenso e um abraço carregado de alegria pelo teu dia!
Que meu carinho te encontre pelo caminho!


Que você tenha a força de ser você mesma, sempre.
Que você possa fazer o bem, sem saber o porquê.
Que você possa ver a luz do dia numa montanha cheia de flores.
Que você possa ver a imensidão azul do céu.
Que você descubra, brincando, o formato das nuvens.
Que você possa valorizar a alma da criança que existe em ti...
Que ao se levantar, enxergue a "Luz" através do sol.
Que diga com amor, o bom dia de cada dia.
Que a minha presença seja sentida, amiga.
Que você fale sempre o que sente, como o aroma de absinto, que é leve e encantador.
Que quando estiver no campo, a luz do luar caia sobre seus cabelos.
Que seu pranto só seja de alegria.
Que você sinta o perfume do orvalho sobre a relva nas noites frias de inverno.
Que você possa se agasalhar no coração do seu amor quando sentir frio.
Que você esteja ao seu lado nos dias alegres de verão.
Que você possa andar na praia e pegar conchinhas.
Que a grandeza do mar seja a energia que recarrega tua alma.
Que a tua existência faça diferença.
Que tuas palavras sejam amáveis e doces e lembrem os brancos cafezais.
Que sejam ouvidas de forma leve, suave, sublime, como anjos cantando.
Que você possa fazer da tua luz o candeeiro de outros.
Que você saiba ser sozinha, mesmo na multidão.
Que você possa andar descalça, de pés no chão.
Que você sinta o calor e o frescor da terra molhada com cheiro de chuva.
Que você possa entender o amor dos que não sabem demonstrar o amor que sentem.
Que você possa entender que nem todos podem te amar...
Mas que você ame a todos sem distinção, com toda a força e luz do amor que existe em ti.

Rosy Beltrão

Obriagada, irmiga, por fazer parte da minha vida!
Deus te cuide, sempre!
PARABÉNS!!!


13 de ago de 2012

O tempo que não leva embora o que sentimos...

E foi assim, há quase um mês, que nasceu a saudade de hoje...




Foi escrito pela Mi, num canto da praia azul, no zunido da música, no calor do encontro...saudade...né?



Fiquei com a incumbência de guardar...aqui é um bom lugar...


12 de ago de 2012

Não dá pra deslembrar quem se ama!




Revisitei esse texto, dando-lhe um retoque breve. Eu o trouxe uma vez que no contexto atual, quase quatro anos depois, permanece atualizado.

* * *

Conversando com minhas memórias, como sempre faço, ouço risos e sinto saudade. Fecho os olhos pra ver o tempo...e ao entrar em suas ruas e avenidas pelas estranhas andanças das recordações, ainda dou de cara com rostos abandonados, esquecidos e desfigurados pela ação inconseqüente de gestos impensados. Tão logo os identifique, os vejo com os olhos do coração e os resgato de imediato!

Quando alcanço as memórias da juventude, posso sentir o amargor dos dissabores e o frenesi das descobertas, a inquietude do que não foi vivido e a deliciosa sensação da transgressão. A vida adulta se misturou no emaranhado das dificuldades e não encontrou mais o esconderijo das traquinagens juvenis. Essa fenda estreita ainda se abre e se fecha, num jogo interessante que pune e premia. Causa dor e alegria.

Um lampejo de algumas imagens por uma fração de segundos ainda suspende a respiração diante da traidora construção mental desses momentos distantes. Embora desbotadas, certas lembranças persistem e não se apagam, ao contrário, se multiplicam e revezam a presença.

Por isso hoje, só quero por companheira a magia do retorno da viagem que me compôs. Nesse caminho por onde andei tem os rostos que vi e que jamais serão esquecidos, porque não dá pra deslembrar quem se ama, impossível desfigurar uma imagem querida ou abandonar uma história de vida.

Há dias e noites que são longos demais, e é nesse tempo que eu construo impérios dentro de mim para abrigar para sempre os meus amores. É esse o lugar que visito sempre que conversar com minhas memórias necessito, arejando os cômodos dentro de mim, organizando-os enquanto organizo-me!!


Dia dos Pais




E hoje é o dia deles, criaturas especiais no mundo, e antes de tudo, agradeço ao PAI pelos pais que fazem parte do MEU mundo: o meu pai, o pai dos meus filhos e os pais dos meus netos - estes são os mais importantes, o primeiro me deu a vida, o segundo a transformou numa existência que me fez uma mãe completamente feliz, e os outros dois dão continuidade à minha história, dando sentido adoravelmente perfeito aos meus anos maduros!

A eles minha homenagem, amor e gratidão por tudo que representam e me dão nessa vida!

No dia dos pais deste ano, destaco o Pai do meu segundo neto para homenagear: parabéns por este dia especial em tua vida, meu genro querido!


* a escolha da imagem está vinculada à que não sai de minha lembrança, há mais de trinta anos eu a vi exatamente assim, tranbsbordante de amor, e nunca mais a esqueci... pai pra mim, tem "essa cara"!