“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


29 de jun de 2009

E por falar em homenagem...

O nome definitivamente premiou o filme, e seu clamor mais sugestivo mostrou que a sensibilidade ultrapassou a questão do gênero da espécie...por isso, com a cena exibida no vídeo, faço uma exaltação à coragem...ao instante mágico e divisor entre o medo e a audácia...aquele em que a vida ganha novo significado...comprovando a menção filosófica de que vive-se uma vida em um momento.

http://www.youtube.com/watch?v=XSIvWzhLrT8

Criações divinas

Tem acordes que não saem de nossas vidas...concorrem duas expressões - que chamam de música, mas acho "coisas de Deus" - que não conseguem ganhar o primeiro lugar...rs...as duas obras primas dividem o pódium.

http://www.youtube.com/watch?v=DsXLfnVuj30

O grego Yanni Chrysomallis tem na ponta dos dedos o que sinto no fundo do coração...

http://www.youtube.com/watch?v=ubTveCihjoQ

A Bela

Kate Jackson, Farrah Fawcett, Jaclyn Smith... "As Panteras"













A rigor, beleza é a parte estética e plástica que não tem a ver com virtude, mas a atriz Farrah tem sua vida calcada na beleza que a imortaliza como uma das mulheres mais lindas de todos os tempos.
Mas o que motiva esta homenagem é que ela foi um símbolo da minha juventude, um ícone de um seriado que eu não perdia. Claro que o roteiro era para entreter, e todas as cenas eram criadas para provocar finais perfeitos. Todos eram previsíveis, e a gente sentava pra assistir sabendo que o desfecho seria "foram felizes para sempre", mas sentava. E gostava. Torcia, a emoção tomava conta e muitas lágrimas e risos me permiti viver.

Não deixa saudade pelo seriado, já tivemos tempo para vincular outras atrações às horas suplérfluas do tempo que nos engole na correria do dia-a-dia. Deixa o lastro normal que ídolos deixam.

Permanecerá a lembrança viva de sua plástica perfeita, porém, as suas breves aparições em público mostraram o ser
humano Mary Ferrah Leni Fawcett, a mulher valente que lutou para viver. Visto do tempo de hoje, sua doença e a dificil luta que travou é o que mais marcou, para mim, sua passagem.
Essa é a que fica para mim como reverência. O símbolo da juventude se transformou em exemplo de coragem...

A foto é um tributo à imagem da Bela, para lhe fazer juz, e porque perpetua a sua trajetória.

27 de jun de 2009

Dentro de um Abraço


Aonde é que você gostaria de estar agora, neste exato momento? Fico pensando nos lugares paradisíacos onde já estive, e que não me custaria nada reprisar: num determinado restaurante de uma ilha grega, na beira de diversas praias do Brasil e do mundo, na casa de bons amigos, em algum vilarejo europeu, numa estrada bela e vazia, no meio de um show espetacular, numa sala de cinema vendo a estreia de um filme muito esperado, e principalmente, no meu quarto e na minha cama, que nenhum hotel cinco estrelas consegue superar a intimidade da gente é irreproduzível.

Posso também listar os lugares onde não gostaria de estar: num leito de hospital, numa fila de banco, numa reunião de condomínio, presa num elevador, em meio a um trânsito congestionado, numa cadeira de dentista.

E então? Somando os prós e os contras, as boas e más opções, onde, afinal, é o melhor lugar do mundo?

Dentro de um abraço.

Que lugar melhor para uma criança, para um idoso, para uma mulher apaixonada, para um adolescente com medo, para um doente, para alguém solitário? Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço, se dissolve.

Que lugar melhor para um recém-nascido, para um recém-chegado, para um recém-demitido, para um recém-contratado? Dentro de um abraço nenhuma situação é incerta, o futuro não amedronta, estacionamos confortavelmente em meio ao paraíso.

O rosto contra o peito de quem te abraça, as batidas do coração dele e as suas, o silêncio que sempre se faz durante esse envolvimento físico: nada há para se reivindicar ou agradecer, dentro de um abraço voz nenhuma se faz necessária, está tudo dito.

Que lugar no mundo é melhor para se estar? Na frente de uma lareira com um livro estupendo, em meio a um estádio lotado vendo seu time golear, num almoço em família onde todos estão se divertindo, num final de tarde de frente para o mar, deitado num parque olhando para o céu, na cama com a pessoa que você mais ama?

Difícil bater essa última alternativa, mas onde começa o amor, senão dentro do primeiro abraço? Alguns o consideram como algo sufocante, querem logo se desvencilhar dele. Até entendo que há momentos em que é preciso estar fora de alcance, livre de qualquer tentáculo. Esse desejo de se manter solto é legítimo, mas hoje me permita não endossar manifestações de alforria. Entrando na semana dos namorados, recomendo fazer reserva num local aconchegante e naturalmente aquecido: dentro de um abraço que te baste.



♥ Martha Medeiros


25 de jun de 2009




Só é possível compartilhar o que existe...

Alvorecer da vida.

Está fria e escura a madrugada.

Quieta.

Vazia.

O silêncio tem ruído.

É a dor chorando, baixinho.


Nasce o dia, pranteado, mas novo.

A fresta aberta da tristeza, vencida, convida a vida a entrar.

Positiva.

Colorida.

E ela atende. Salvadora.


Chega com determinação.

Esvazia o santuário de sentimentos suspirante de lembranças.

Expira a mágoa.

Aspirando nova força,

Alvorece a vida.



Denise

15 de jun de 2009

Hero!




Dispensa comentários...

13 de jun de 2009

"O que a gente teve não perde. As lembranças estão dentro da nossa memória. Quando uma tragédia assim acontece, o que se perde é o prosseguimento, é o futuro. E o futuro é virtual, uma expectativa de algo que damos como certo, mas não é. Não se perde o passado. Isso pode parecer meramente racional e é, porque a emoção não se traduz. Não se perde alguém que existiu. O que se perde é uma expectativa. Isso não é consolo, mas pode ajudar a retomar a vida. Pensar não no que perdi, mas no que tive o privilégio de viver. O passado precisa ser uma referência para a gente se nutrir. E não para se lamentar. Há várias formas de conviver com a saudade."



Recorte da coluna de Ruth de Aquino, da revista Época, da autoria do psicanalista Luiz Alberto Py. Era mensagem de consolo dirigida aos familiares dos mortos no acidente aéreo, mas consolo é consolo em qualquer circunstância...ou não?

9 de jun de 2009

Alma Gêmea


“Nossas esperanças nos dão ânimo, nosso desespero nos puxa para baixo. Mas nunca podemos nos separar do amor. Todos os acontecimentos, todas as coisas, todos os relacionamentos são movimentos do amor que produz novas formas infinitamente.

- Então, o que são a dor e o sofrimento?

- Algumas dobras ficam marcadas, mas com o tempo acabam alisando de novo. O amor sabe. Ele compreende cada impulso que todas as pessoas têm, e embora o sofrimento aconteça, o amor sempre prevalece.”


Deepak Chopra em “Alma Gêmea”


APRENDI ...

Que não sei quase nada
Que sempre precisarei aprender
Que a vida é muito curta
E que não há tempo a perder.

PERCEBI
Que nem tudo é possível
Que às vezes é difícil sorrir
Que a vida faz jogo duro
Mas que eu não vou desistir

ENTENDI
Que quando sofro eu aprendo
Que a dor me ensina a viver
Que a vida é um lindo caminho
Ao qual iremos crescer

DESCOBRI
Que não é fácil viver
Que o destino nos reserva dor
Mas que a tristeza termina
Onde começa o amor...


♥ Autoria desconhecida

Abasteço-me de minhas memórias felizes, elas permitem que eu deixe dormitar meus anseios enquanto enchem de sol o meu viver...



7 de jun de 2009

Não digam que isso passa...


Não digam que isso passa,
não digam que a vida continua,
e que o tempo ajuda,
que afinal tenho filhos e amigos
e um trabalho a fazer.
Não me consolem dizendo que ele morreu cedo
Mas morreu bem ( que não quereria uma morte como essa?)

Não me digam que tenho livros a escrever
e viagens a realizar.
Não digam nada.

Vejo bem que o sol continua nascendo
nesta cidade de Porto Alegre
onde vim lamber minha ferida escancarada.

Mas não me consolem:
da minha dor, sei eu.


Lya Luft

Tem estórias que não se esquece e pessoas que permanecem.

"Eu fazia do amor um
cálculo matemático errado:
pensava que, somando
as compreensões, eu amava.
Não sabia que,
somando as incompreensões
é que se ama verdadeiramente”



♥Clarice Lispector

6 de jun de 2009


Tudo aquilo que sonhamos ou queremos muito, podemos concretizar.
Só depende de quanto empenho comprometemos para realizar.
Simples assim...

1 de jun de 2009



"Tudo que se vê é miragem. Procura a essência que não se vê."

♥ Khalil Gibran
"A esperança é cheia de confiança. É algo maravilhoso e belo, uma lâmpada iluminada em nosso coração. É o motor da vida. É uma luz na direção do futuro. "

♥ Conrad de Meester

"Bem lá no fundo você sabe que só existe uma única mágica, um único poder, uma única salvação, e que ela se chama amor."

♥ Hermann Hesse